Os raios-gama de Ricardo Boechat

Jornal-da-Band

Um ultra-petista xiita do meu FB postou esta matéria, fazendo louvor ao que foi escrito por um dos “jornalistas” mais chapa-branca da história do Brasil, Ricardo Boechat, que ficou mais conhecido depois de mandar uma colega de profissão, Rachel Sheherazade, calar a boca e dizer que suas opiniões eram “uma bosta”, além apoiar a censura da jornalista do SBT, pelo simples fato de dizer algumas coisas inconvenientes ao PT. Ficou mais conhecido ainda depois que confessou achar lindo a quebradeira e o terrorismo da guerrilha urbana praticado pelos Black Blocs, que culminou na morte de um cinegrafista da sua própria emissora.

Trata-se da matéria mais radioativa e cancerígena que eu li nos últimos tempos. A síntese dos raios-gama disparados pelo infeliz é a seguinte (comentarei cada ponto):

1 – O PT rouba, mas os outros também roubam;

Sempre houve corrupção no Brasil? Óbvio que sim. Mas da última vez em que o presidente da República esteve envolvido no escândalo, ele sofreu impeachment (Fernando Collor de Mello). Collor sofreu impeachment por MUITO menos do que tem feito a cúpula do PT. Mas aqui vem algo mais grave: nunca na história desse país um governo e toda sua cúpula dirigente saqueou BILHÕES (já se fala em 20 bilhões desviados no petrolão, e agora há indícios de um eletrolão – desvios na Eletrobrás – e de um “correiolão” – desvios nos Correios). Ou seja, nenhuma estatal parece escapar das garras do lulopetismo. Jamais saberemos quanto dinheiro se foi pelo ralo. Mas existe algo mais grave: O PT NÃO ROUBA POR DINHEIRO, MAS ROUBA POR PODER. O dinheiro que é roubado por esta máfia não tem o propósito primordial de encher bolsos particulares, mas sim o de financiamento da perpetuidade no poder. Quem tem poder não precisa de dinheiro. Nunca, nem de longe, um governo no Brasil (nem os militares, nem Getúlio Vargas, nem ninguém) teve pretensões de saquear o país para se tornar o Partido Único onipresente de Gramsci (como eles próprios confessam na última resolução do partido). Está se montando uma ditadura da pior espécie, nos moldes das ditaduras socialistas tradicionais, com o dinheiro do próprio povo. Isto é tão criminoso que já não restam mais argumentos; só resta xingamentos à esta corja.

2 – Fernando Henrique Cardoso não pode falar nada porque no governo dele houve “gente roubando” também;

Este projeto de poder dos petistas torna os atos de corrupção do passado meras ações de trombadinhas. Desafie um ultra-petista a mostrar provas de que houve algum presidente na história do Brasil envolvido em um projeto de poder desta magnitude. Mais ainda, peça-o para que prove de alguma forma que não só FHC, mas a cúpula inteira do PSDB esteve envolvida em algo desse tipo (se houvesse tais provas eu realmente não ficaria surpreso, mas a verdade é que não há). O máximo que você vai obter dessa gentalha é que “no governo FHC teve gente que roubou”. Pra eles funciona assim: se teve um ato de corrupção na prefeitura de Pirocaçú das Bundâneas, jogam a responsabilidade na conta de quem eles quiserem. Já fui atrás daquelas mentiras propagadas pelo jornalista, este sim, mais mentiroso e chapa-branca da via láctea, Paulo Henrique Amorim, que bota na conta do PSDB diversos casos de corrupção de forma totalmente aleatória e irresponsável. A tal “privataria tucana” talvez encabece a lista das maiores fraudes intelectuais da história da humanidade. O autor desta picaretagem é mais enrolado que nó cego, e já foi inclusive investigado pela PF (leia aqui e aqui). Em todos os outros casos, como por exemplo o do Banestado, tudo o que se encontra são nomes isolados de políticos – nenhum de grande relevância – de vários partidos. A maioria dos envolvidos são funcionários públicos. Neste mesmo caso o crime foi investigado e várias punições foram sentenciadas; houve devolução de parte do dinheiro e não há absolutamente nada que comprove uma ligação efetiva do caso com o PSDB. Os petistas costumam fazer a seguinte associação delirante: houve um caso de corrupção no estado de São Paulo; São Paulo é governado por um psdebista; logo, o PSDB é responsável. Fazem a mesma coisa a nível nacional, jogando toda a responsabilidade de casos de corrupção, até de nível municipal, na conta do ex-presidente FHC. Se não há provas de que haja envolvimento direto de quem quer que seja, fazer esse tipo de associação é um delírio criminoso. Mesmo quando os factoides criados pelo jornalismo petista são provados falsos, a militância continua repetindo-os ad nauseam. Resumindo, não dá pra confiar em nada do que eles dizem.

3 – Denunciar o que está havendo na Petrobrás é “golpismo” e pura “manipulação partidária”;

O PT usa o dinheiro da Petrobrás para financiar regimes socialistas ditatoriais por aí afora e aparelhar toda a máquina pública estatal, tornando-a subserviente ao partido, obtendo uma hegemonia típica de um regime ditatorial, igualmente seus vizinhos financiados pelo nosso dinheiro. Quem denuncia isso é golpista. Em outras palavras, para o petista, denunciar um golpe é golpismo…

4 – Pedir o impeachment da Dilma é ridículo e as manifestações do último fim de semana tem “DNA golpista”, sendo que todos ali presentes estão no mesmo patamar dos que pedem por intervenção militar (isso mesmo, pra ele quem pede o impeachment dá no mesmo de pedir os militares; além disso ele chama todas as pessoas das manifestações de idiotas e imbecis);

A tentativa desesperada de caracterizar as últimas manifestações como um pedido maciço da volta da ditadura militar é desonestidade pura e simples, que beira a boçalidade. Qualquer criança com acesso ao Google sabe que a imensa maioria das pessoas ali presentes cobram investigações e pedem a saída do PT. O impeachment é um processo legal e já foi aplicado com sucesso no Brasil. Este Boechat, quando diz que quem pede impeachment é igual à quem pede intervenção militar, solta mais uma vez seu raio-gama degenerativo, e chama todos aqueles que apoiaram o impeachment de Collor de golpistas e militaristas.

5 – A Dilma foi eleita “pela maioria” e por isso devemos esquecer tudo, “virar a página e ir em frente”.

Parece até o Pelé dizendo, em meio as turbulências dos preparativos da copa do mundo: “vamos esquecer os problemas e pensar só na Copa”. Sem comentários…

6 – Hoje a corrupção é descoberta porque o PT investiga, sendo que no passado era tudo acobertado.

Aqui está algo que os petistas vêm repetindo de forma muito sorrateira. A verdade é que quem investiga é a Polícia Federal, um órgão independente (graças a Deus um dos poucos que ainda não foram aparelhados pela máfia). O PT, na verdade, tenta de todos os modos dificultar a investigação, impedir que CPIs sejam abertas, e está neste exato momento nomeando gente deles para assumir cargos de chefia na PF. Ao contrário do que a Dilma disse na TV durante a campanha, ela “não mandou investigar” nada. Se ela tivesse esse poder, pediria justamente o contrário: para não investigar. Se fosse verdade que o PT tem força de investigação, por que não investigam e provam todos os casos de corrupção os quais PHA (principal jornalista orgânico do PT) atribui ao PSDB? Por que não mandam prender os tucanos? O que aconteceu é que vários tucanos envolvidos em corrupção foram investigados e condenados (ou inocentados), perderam seus mandatos, se afastaram da vida pública, e não foram defendidos pelo partido como “heróis da revolução”. Se há corruptos ainda impunes se deve ao fato da Justiça brasileira ser falha. Pessoas decentes pedem pela punição de quaisquer corruptos, sejam de que partido for. Já a ética dos militantes petistas os defensores, com unhas e dentes, de seus macho-alfas provedores.


Eu não culpo pessoas comuns, que não tem um envolvimento político mais profundo, de terem votado no PT. Estas pessoas escolheram assim pois associam erradamente o período de relativo sucesso econômico ocorrido no governo Lula ao PT, cujo único mérito nisso tenha sido talvez o de não ter conseguido atrapalhar tanto o processo natural de crescimento que ocorria no mundo inteiro, especialmente no BRICS. Mas eu culpo os militantes do PT, desses tipos que propagam estas mentiras descaradamente, sem se dar o mínimo trabalho de checar a veracidade do que propagandeiam. Estes ultra-petistas, que só leem esses jornalistas chapa-branca mentirosos e se acham informados, estes tem sua responsabilidade. É uma ignorância culposa e que não tem desculpa; são responsáveis desde já por tudo o que vier a acontecer de pior com este país, caso os próprios planos do PT (que eles não conhecem, pois só leem o conteúdo forjado para a militância) vierem a se concretizar.

Anúncios

5 comentários

  1. Puxa, não sabia que esse Boechat era mais um jornalista chapa-branca esquerdista caviar. A imprensa está ficando cada vez mais infectada e, nesta senda, caminhará para uma “multirresistência antibacteriana”.

    Curtir

    1. Pois é Iuri. Haja antibióticos…

      Curtir

  2. Esse Boechat deveria ter explicado verdadeiramente, à epoca de sua demissão das Organizações Globo, os motivos que o levaram a repassar informações sigilosas do grupo dos Marinhos para o seu amigo do peito Nelson Tanure, figura conhecida nos tribunais. A hoar dele vai chegar…

    Curtir

  3. Antonio Carlos · · Responder

    Posa de gente fina, educada, gravatas bonitas, careca lustrosa mas debaixo do verniz todo a madeira é podre, carcomida por fungos sócio-comunas que vem desde os tempos de Lenin, corroendo cérebros afeitos a uma lavagem cerebral – O mais interessante é que a Band não diz nada, não faz nada… aí tem

    Curtir

  4. Ele Boechat deve ganhar um dinheirão pra defender o partido querido dele.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: